quarta-feira, 4 de outubro de 2017


DESMONTE DOS CORREIOS É CRITICADO NA CÂMARA

Daniel critica desmonte dos Correios na Câmara



Em discurso no Plenário, comunista repudia anúncio do governo de privatização da estatal e apoia greve de trabalhadores.

Richard Silva

"Eles tentam passar a ideia de que os Correios são inviáveis. Mentira. O que é inviável é esse governo. Por isso, os trabalhadores se levantam e estaremos ao seu lado sempre.” Esse foi o tom do discurso do deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) no Plenário da Câmara nesta quarta-feira (4). Para o parlamentar, a estatal vive uma de suas maiores ameaças atualmente: a tentativa de privatização pelo governo de Michel Temer. “Eles já nem escondem sua intenção. Falam abertamente disso”, criticou.

No dia 21 de setembro, em Nova York, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, confirmou que o governo estuda a privatização da estatal, mas que a abertura de capital da empresa também pode ser uma “boa alternativa”.

Há duas semanas, trabalhadores dos Correios de todos os 26 estados e do Distrito Federal entraram em greve. Entre os motivos da paralisação estão o fechamento de 250 agências por todo o país, pressão para adesão ao plano de demissão voluntária lançando em 2016, ameaça de demissão motivada com alegação da crise, ameaça de privatização, corte de investimentos em todo o país, falta de concurso público, redução no número de funcionários, além de mudanças no plano de saúde e suspensão das férias para todos os trabalhadores, exceto para aqueles que já estão com férias vencidas. Além da negociação do reajuste salarial para a categoria.

Uma audiência de conciliação foi marcada para esta quarta-feira (4), no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, entre os Correios e as federações que representam os trabalhadores, visto que o tribunal havia considerado a greve abusiva.

Em nota, a empresa informou na segunda-feira (2) que 85,56% dos empregados (92.898) estavam trabalhando normalmente em todo o país e que desde a última sexta-feira (29), mais de 1.200 empregados retornaram aos seus postos de trabalho. 

 


Fonte: PCdoB na Câmara









Últimas Notícias


Trabalho Escravo
PDC susta medida que destrói combate ao trabalho escravo

Ato contra desestruturação do SUS
Ato na Câmara marca luta contra desestruturação do SUS

Acesso à Previdência
População poderá ter acesso facilitado à Previdência

Financiamento de campanha
Congresso tenta avançar em fundo para financiamento de campanhas

Punição para crimes ambientais será ampliada
Parecer de Daniel que amplia de três para até 10 anos as punições para crimes ambientais é aprovado por Comissão




Escritório Político Salvador:
Rua Rubens Guelli, 134, Ed. Empresarial Itaigara, sala 203
Itaigara, Salvador-BA
CEP: 41815-135

Tel: (71) 3266-0063
ascom@daniel.org.br