terça-feira, 30 de maio de 2017


GREVE GERAL

Centrais preparam nova greve geral contra reformas e gestão Temer



Em reunião na tarde desta segunda (29), na sede nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), o Fórum das Centrais Sindicais avaliou a marcha Ocupa Brasília, do último dia 24, e debateu os próximos passos da luta contra o governo Temer e as reformas trabalhista e da Previdência. Participaram lideranças da CTB, CUT, Força Sindical, Nova Central, UGT, CSB, Intersindical, Conlutas e CGTB.

Sinergia Bahia

Wagner Gomes, secretário geral da CTB, destacou o sucesso da mobilização realizada em Brasília e o estágio crescente da resistência dos trabalhadores, apontando a necessidade de uma nova greve geral.

"O ato cumpriu grande papel, foi a maior mobilização em muitos anos. Mesmo com a repressão da polícia, foi uma demonstração de força que coloca as centrais sindicais em outro patamar. Por isso, a CTB acredita que devemos convocar outra greve geral para dizer bem alto Fora, Temer e derrotar as reformas do governo", avaliou o dirigente.

Para Juruna, da Força Sindical, deve-se "valorizar a construção da pauta unitária e do movimento amplo que estamos fazendo e é preciso dar continuidade à luta". José Calixto, da Nova Central, acredita que o foco da luta deve ser o Senado para que não se aprove o projeto de reforma trabalhista.

"Ações de grupos vanguardistas não levam a lugar nenhum. É preciso apostar no movimento de massas. Apontar uma nova greve geral é importante, assim como marcar um dia nacional de mobilização para prepará-la", disse Sérgio Nobre, representante da CUT, que também criticou a repressão da polícia do Distrito Federal contra os manifestantes e a ação de grupos infiltrados no último ato.

Ao final, Wagner Gomes encaminhou os consensos estabelecidos na reunião. "A palavra de ordem continua sendo “Fora, Temer e nenhum direito a menos”; fica convocada uma nova greve geral, com indicativo de data entre os dias 26 a 30 de junho", resumiu o sindicalista.

Fonte: CTB São Paulo









Últimas Notícias



Temer é derrotado em votação da reforma trabalhista


Ministro do TST: Reforma Trabalhista não liberta, ela escraviza


Frente Brasil Popular confirma Greve Geral no dia 30 de junho


4o. Congresso Estadual foi amplo e democrático, como a CTB Bahia


Ato cultural por "Diretas Já" reúniu 100 mil pessoas em Salvador


Notícias relacionadas



Frente Brasil Popular confirma Greve Geral no dia 30 de junho


Ato cultural por "Diretas Já" reúniu 100 mil pessoas em Salvador


Centrais: Violência não vai intimidar luta contra reformas


Movimentos sociais reafirmam como única saída as eleições diretas


Golpe completa um ano e Daniel Almeida avalia: “É um desmonte total”



Escritório Político Salvador:
Rua Rubens Guelli, 134, Ed. Empresarial Itaigara, sala 203
Itaigara, Salvador-BA
CEP: 41815-135

Tel: (71) 3266-0063
ascom@daniel.org.br