NOTÍCIA

Daniel Almeida condena anúncio de novas privatizações pelo governo Bolsonaro

Por PCdoB na Câmara

Publicado em segunda-feira, 6 de julho de 2020



O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou na noite de domingo (5), em entrevista à CNN Brasil, que o governo federal deve anunciar em breve plano para quatro grandes privatizações. Segundo Guedes, “há muito valor escondido debaixo das estatais” e emendou “eu gostaria de privatizar todas as estatais”.

Guedes afirmou ainda que o governo prepara ações para destravar o investimento privado. Ele mencionou que, após a recente aprovação do novo marco regulatório do saneamento básico, o governo deve agir para incentivar setores como a cabotagem, eletricidade e petróleo e gás com fim do regime de partilha na exploração. 

Na semana passada, o secretário de desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, anunciou que o governo quer privatizar pelo menos 12 estatais em 2021. Entre as empresas previstas estão os Correios, Eletrobras, CBTU, Serpro, Dataprev e Telebrás. Para essa venda acontecer, no entanto, o governo precisará do aval do Congresso Nacional para algumas empresas, como a Eletrobras.

Para o deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA), o governo escolhe o caminho errado para recuperar a economia do país. “As estatais são importantíssimas para a soberania nacional e o desenvolvimento da nossa economia, não só gerando empregos, mas servindo a sociedade. O governo está defendendo que a privatização de empresas como a Eletrobras e os Correios ajudará na retomada econômica, mas acreditamos que o caminho não é esse. Devemos valorizar e investir nas nossas estatais para que elas tenham pleno funcionamento, garantindo serviços de qualidade à nossa sociedade e o sustento de milhões de famílias brasileiras”, afirmou.