quinta-feira, 31 de janeiro de 2019


QUINTO MANDATO

Daniel Almeida toma posse para o quinto mandato na Câmara Federal



Natural de Mairi-BA e historiador por formação, o baiano assume mandato em defesa dos baianos e brasileiros.

O deputado federal Daniel Almeida (PCdoB/BA) tomou posse nesta sexta-feira (1) para o quinto mandato, durante cerimônia no plenário da Câmara dos Deputados. Reeleito com mais de 114 mil votos o parlamentar baiano fala da perspectiva para a nova legislatura. "Assumir um novo mandato na Câmara Federal pra mim é motivo de orgulho e de  compromisso com o povo da Bahia. Nesta minha trajetória sempre coloquei como prioridade atender os anseios dos baianos e brasileiros. Renovo as forças com a certeza que enfrentaremos momentos difíceis nos próximos quatro anos. A hora é de ampliar a luta a fim de assegurar os direitos dos trabalhadores brasileiros, zelando pela nossa democracia e liberdade", defende.

Daniel foi vereador de Salvador pelo PCdoB/BA por quatro mandatos, entre 1989 e 2003 e em 2002, ingressou na Câmara Federal. Em Brasília, é um dos parlamentares mais atuantes, indicado nove vezes consecutivas pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) como um dos “Cabeças” do Congresso Nacional. Defende a proposta de redução da jornada de trabalho, além de outros projetos de interesse social, como a regulamentação da profissão dos Agentes Comunitários de Saúde e Combate a Endemias. Participa ativamente da Frente Parlamentar em Defesa da Caixa Econômica Federal e aliado na luta contra os desmontes e privatizações dos bancos públicos.

Almeida também é aliado na luta contra o desmonte dos bancos públicos. Participou ainda de comissões que discutiram a valorização do salário mínimo, a reforma sindical e o Código Brasileiro dos Combustíveis. Durante mandato de vereador foi autor da Lei Municipal 5.978/2001, conhecida como “Lei dos 15 minutos” exige que os clientes sejam atendidos nos caixas das agências neste tempo estabelecido, exceto em dia anterior ou posterior a feriados, quando o prazo pode chegar a 30 minutos.

Em âmbito federal, é autor da Lei 11.635/07, que cria o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, comemorado no dia 21 de janeiro e da Lei nº 13.767/18, sancionada em dezembro de 2018, que permite ao trabalhador se ausentar do trabalho para realizar exames preventivos contra diferentes tipos de câncer. A lei prevê a ausência comprovada, sem prejuízo do salário, por até três dias em cada 12 meses de trabalho para investigar a possibilidade de câncer. 

Fonte: Ascom Daniel Almeida









Últimas Notícias



“A Reforma da Previdência traz danos a direitos dos mais pobres”, critica Daniel Almeida


PCdoB, PDT, PSB e entidades se mobilizam contra Reforma da Previdência


Daniel Almeida: Projeto de lei anticrime poderá institucionalizar “licença para matar”

Intolerância Religiosa
Daniel Almeida critica crescimento de casos de intolerância religiosa


Sancionado projeto de Daniel que concede licença para exames preventivos de câncer


Notícias relacionadas



Daniel critica saída de profissionais cubanos do Mais Médicos


Daniel Almeida se reelege para o quinto mandato na Câmara


Daniel Almeida é reeleito deputado federal na Bahia

Eleições 2018
Daniel Almeida: Povo brasileiro deve se mobilizar para resgatar o país

Diap
Daniel Almeida está entre os “Cabeças” do Congresso



Escritório Político Salvador:
Rua Rubens Guelli, 134, Ed. Empresarial Itaigara, sala 203
Itaigara, Salvador-BA
CEP: 41815-135

Tel: (71) 3266-0063
ascom@daniel.org.br