quarta-feira, 4 de outubro de 2017


DESMONTE DOS CORREIOS É CRITICADO NA CÂMARA

Daniel critica desmonte dos Correios na Câmara



Em discurso no Plenário, comunista repudia anúncio do governo de privatização da estatal e apoia greve de trabalhadores.

Richard Silva

"Eles tentam passar a ideia de que os Correios são inviáveis. Mentira. O que é inviável é esse governo. Por isso, os trabalhadores se levantam e estaremos ao seu lado sempre.” Esse foi o tom do discurso do deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) no Plenário da Câmara nesta quarta-feira (4). Para o parlamentar, a estatal vive uma de suas maiores ameaças atualmente: a tentativa de privatização pelo governo de Michel Temer. “Eles já nem escondem sua intenção. Falam abertamente disso”, criticou.

No dia 21 de setembro, em Nova York, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, confirmou que o governo estuda a privatização da estatal, mas que a abertura de capital da empresa também pode ser uma “boa alternativa”.

Há duas semanas, trabalhadores dos Correios de todos os 26 estados e do Distrito Federal entraram em greve. Entre os motivos da paralisação estão o fechamento de 250 agências por todo o país, pressão para adesão ao plano de demissão voluntária lançando em 2016, ameaça de demissão motivada com alegação da crise, ameaça de privatização, corte de investimentos em todo o país, falta de concurso público, redução no número de funcionários, além de mudanças no plano de saúde e suspensão das férias para todos os trabalhadores, exceto para aqueles que já estão com férias vencidas. Além da negociação do reajuste salarial para a categoria.

Uma audiência de conciliação foi marcada para esta quarta-feira (4), no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, entre os Correios e as federações que representam os trabalhadores, visto que o tribunal havia considerado a greve abusiva.

Em nota, a empresa informou na segunda-feira (2) que 85,56% dos empregados (92.898) estavam trabalhando normalmente em todo o país e que desde a última sexta-feira (29), mais de 1.200 empregados retornaram aos seus postos de trabalho. 

 


Fonte: PCdoB na Câmara









Últimas Notícias


Caixa Econômica
100% Pública: Daniel Almeida comemora decisão do Conselho de Administração da Caixa Econômica

Bancos Públicos
Economia é “ameaçada” com desmonte dos bancos públicos

candidatura
Daniel Almeida acompanha Manuela D’Ávila durante visita a Salvador

Assembleia Legislativa
Fecomércio é homenageada durante sessão especial na Alba

Finanças Municipais
Prefeitos brasileiros pedem socorro




Escritório Político Salvador:
Rua Rubens Guelli, 134, Ed. Empresarial Itaigara, sala 203
Itaigara, Salvador-BA
CEP: 41815-135

Tel: (71) 3266-0063
ascom@daniel.org.br