segunda-feira, 30 de abril de 2018


LUTA

1°de maio: dia de lutar pelo trabalhador e pela democracia



Neste Dia do Trabalhador, primeiro após o duro golpe na CLT com a aprovação da Reforma Trabalhista e da terceirização irrestrita, parlamentar baiano reforça a necessidade de batalhar pelos direitos do povo.

O início do mês de maio é historicamente marcado pela luta. Conhecido como Dia do Trabalhador, ou do Trabalho, a celebração do dia 1º remonta ao ano de 1886, quando milhares de operários mobilizaram uma greve geral e foram às ruas de Chicago, nos Estados Unidos, para reivindicar melhores condições de trabalho.

Neste 2018, a tradição de afrontar os patrões e lutar pelos direitos dos trabalhadores através da conscientização precisa ser mantida. Esta é a primeira data alusiva à categoria depois das aprovações da Reforma Trabalhista e da terceirização desenfreada, dois dos principais (de tantos) ataques ao povo brasileiro nos últimos meses.

Para além da destruição dos preceitos trazidos na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), o que tem se observado no governo ilegítimo de Michel Temer é uma afronta diária à própria Constituição do país.

O deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) destaca que o Brasil está sendo desmontado política, institucional e economicamente, e que a mobilização precisa vir de todos os setores da sociedade.“Cada dia fica mais clara a necessidade de nos mobilizarmos em torno de um amplo projeto nacional de desenvolvimento, articular amplas forças políticas, e trazer os trabalhadores para serem protagonistas deste caminho. Este 1º de Maio é a oportunidade perfeita para darmos força e vazão a essa ideia”, disse Almeida.

Em Salvador, as centrais sindicais organizam ato político e cultural no Farol da Barra, às 13h, com o tema “Defesa por democracia, Lula Livre, Marielle Vive”. O evento também acontece nas cidades de Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus, Camaçari, Santo Estevão, Canavieiras, Conceição de Feira, Porto Seguro, Itamaraju, Itabotã e Teixeira de Freitas.

As iniciativas estão sendo organizadas pela Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Intersindical e movimentos que compõem as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

Fonte: Com informações do PCdoB na Câmara









Últimas Notícias


Direitos Humanos
Daniel cobra respeito aos direitos humanos no Brasil


Emenda parlamentar de Daniel Almeida garante ampliação do Hospital Municipal de Itiúba

Prevenção
Projeto de Daniel que estimula exames preventivos de câncer vai à sanção


PCdoB e PPL celebram união em ato político


Comissão faz novo debate sobre panorama da indústria baiana


Notícias relacionadas


Direitos Humanos
Daniel cobra respeito aos direitos humanos no Brasil

Prevenção
Projeto de Daniel que estimula exames preventivos de câncer vai à sanção


PCdoB e PPL celebram união em ato político


Daniel: Governo quer deixar trabalhador verde de raiva e amarelo de fome


Daniel Almeida repudia extinção do Ministério do Trabalho



Escritório Político Salvador:
Rua Rubens Guelli, 134, Ed. Empresarial Itaigara, sala 203
Itaigara, Salvador-BA
CEP: 41815-135

Tel: (71) 3266-0063
ascom@daniel.org.br