NOTÍCIA

Daniel Almeida entre os 100 mais influentes do Congresso

Por Com informações do PCdoB na Câmara

Publicado em sexta-feira, 17 de julho de 2020



Todos os anos, o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) divulga a relação dos 100 deputados e senadores mais influentes do Congresso, são os chamados “Cabeças” do Congresso.  O deputado Daniel Almeida (PCdoB) foi classificado como “negociador”, que são aqueles parlamentares “investidos de autoridade para firmar e honrar compromissos e estão respaldados para tomar decisões”.

Os “Cabeças” do Congresso são aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais na condução de debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, pelo senso de oportunidade, pela eficiência na leitura da realidade, e, sobretudo, pela facilidade de conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão.

“Muita honra em fazer parte, mais uma vez, da lista dos 'Cabeças do Congresso'. É um reconhecimento que me enche de energia para continuar na batalha pelos direitos do povo brasileiro e por uma Bahia cada vez mais justa, igualitária e democrática. Neste tempo de pandemia, desmontes e negacionismo, ser lembrado pela minha luta é motivo de felicidade. Meu compromisso com as bandeiras de luta pela sociedade segue mais forte!”, afirmou o parlamentar.

Este ano, segundo o Diap, a pandemia de coronavírus e a não instalação das comissões permanentes dificultaram a identificação dos parlamentares mais influentes, pois com a adoção do sistema remoto de deliberação, as articulações e negociações ficaram mais restritas aos líderes e relatores de matéria nesse período. De acordo com o levantamento, entre os 100 parlamentares que comandam o processo decisório no Congresso, 70 são deputados e 30 são senadores.

A pesquisa inclui apenas os parlamentares que estavam no efetivo exercício do mandato no período de avaliação correspondente ao período de fevereiro a junho de 2020. Dos 24 partidos com representação no Congresso, apenas quatro (Pros, Avante, Patriota e PV) não emplacaram representante na lista. Além de apontar os mais influentes, o Diap ainda classifica os parlamentares de acordo com suas habilidades, recebendo destaque sua característica principal.