segunda-feira, 12 de junho de 2017


DIRETAS JÁ

Ato cultural por "Diretas Já" reúniu 100 mil pessoas em Salvador



O Farol da Barra, um dos principais pontos turísticos de Salvador, foi tomado, neste domingo (11/06), por uma multidão de cerca de 100 mil pessoas, que compareceu ao ato político-cultural pelo ‘Fora Temer’ e pelas ‘Diretas Já’. O evento, convocado pela Frente Brasil Popular na Bahia (FBP-BA) e pelas centrais sindicais, contou com posicionamentos e apresentações de dezenas artistas baianos em favor da causa.

Mídia Ninja

Entre os artistas, Daniela Mercury, Russo Passapusso com a banda Baiana System, Margareth Menezes, Lazzo, Gerônimo, Larissa Luz, Mano Góes, maestro Carlos Prazeres, Márcia Castro, entre outros. Um trio elétrico foi posicionado em frente ao Farol para as apresentações, que começaram no meio da tarde e seguiram até o fim da noite.

“Diretas Já porque a gente não aceita indiretas nesse país, nesse estado de exceção que a gente está vivendo. A corrupção não vai vencer a democracia. Nós somos a democracia”, disse Daniela Mercury, após cantar os seus maiores sucessos. A cantora também pediu respeito aos direitos dos LGBTs, e beijou a esposa, a jornalista Malu Verçosa, em cima do trio.

Uma das atrações mais aguardadas do evento, a Baiana System fechou as apresentações com um show eletrizante, marca da premiada banda. “[Vamos] sempre se unir e [reagir com] desobediência a vossas excelências, que podem nos destruir. Baiana System adverte: abre o olho, careta. Fora Temer!”, afirmou o vocalista, Russo Passapusso.

Música e política

O ato também contou com a participação de dirigentes e militantes de partidos, centrais sindicais e sindicatos, e entidades do movimento social. Do PCdoB, estavam o presidente estadual, Davidson Magalhães; os deputados federais Alice Portugal e Daniel Almeida; a presidenta do PCdoB-Salvador, Olívia Santana, que também está à frente da SETRE; a secretária estadual de Política para as Mulheres, Julieta Palmeira e a vereadora Aladilce Souza.

Na ocasião, Davidson lembrou da votação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que analisou, na última semana, as contas da chapa Dilma/Temer, absolvendo o presidente de uma possível cassação. Para ele, o episódio foi um ‘vexame’ e uma demonstração de que o golpe contra o povo continua no Brasil.

O presidente estadual do PCdoB criticou duramente as medidas do governo Temer, especialmente as propostas de reforma trabalhista e previdenciária, e o desmonte das empresas nacionais. “Esse governo completa um ano de maldades. Querem rasgar as leis que nos garantem os direitos conquistados há mais de 50 anos”, disse.

Greve Geral

O novo presidente estadual da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, Pascoal Carneiro, eleito último sábado (10), também esteve no ato e aproveitou para convocar a todos para a Greve Geral do próximo dia 30. “Vamos todos ser ‘piqueteiros’ para construir a maior greve desse País no dia 30”, disse.

Fonte: PCdoB Bahia









Últimas Notícias


Anistia dívidas para empresários
Câmara aprova “anistia” de dívidas para empresários

Conferência Estadual PCdoB Bahia
PCdoB-BA reforça mobilização para Conferência Estadual


Ato na Câmara marca luta contra desmonte de Temer


Parlamentares destacam atuação da CTB em defesa do emprego e pela retomada do crescimento

Verbas para universidades federais e institutos federais da Bahia
Verbas para universidades federais e institutos federais da Bahia são cobradas por Daniel


Notícias relacionadas


Lava Jato
Nota do PCdoB Bahia sobre exclusão de Daniel Almeida da Lava Jato

Câmara vota denúncia contra Temer
Oposição ocupa Plenário ao som de Fora Temer

Reforma Trabalhista
Frente Brasil Popular convoca para vigília contra reforma trabalhista

Greve Geral
Frente Brasil Popular confirma Greve Geral no dia 30 de junho

Greve Geral
Centrais preparam nova greve geral contra reformas e gestão Temer



Escritório Político Salvador:
Rua Rubens Guelli, 134, Ed. Empresarial Itaigara, sala 203
Itaigara, Salvador-BA
CEP: 41815-135

Tel: (71) 3266-0063
ascom@daniel.org.br